Rio Tarauacá começar á baixar.

Até semana passada o nível do Rio Taraucá, que banha a cidade de Envira estava muito acima da média do mês de abril. Porém o rio pouco á pouco vem baixando de nível, semana passada chegou uma massa de ar firo em Envira o que ocasionou uma queda de temperatura, causando assim a primeira friagem do ano, com o tempo mais seco, sem chuvas nas cabeçeiras dos rios, logo logo o rio baixou bem rápido e agora se encontra em um nível relevante para época, com as barrancas descobertas pelas águas e cheias de lama.
Alguns moradores se assustaram com a rápidez com que o rio veio a baixar de nível pois ele já estava no nível preocupante, e em menos de uma semana ficou em um nível bem baixo.
Mais graças ao pai divino que nada demais aconteceu á população, niguém precisou sair de suas casas, e nem uma casa foi envadida pelas águas.

Ètica médica: Dep. Sinésio Campos exige receitas mais legíveis

O deputado Sinésio Campos (PT) aproveitou a entrada em vigor do novo Código de Ética Médica e cobrou hoje, da tribuna da Assembleia Legislativa do Estado, a exigência de receitas médicas e odontológicas legíveis de acordo com o que prevê a lei nº 3.199 de 4 de dezembro de 2007, de sua autoria, aprovada pela Casa.

Segundo o deputado, que é líder do governo, especialmente os idosos encontram dificuldade para fazer a leitura de receitas médicas. “Geralmente eles têm que recorrer aos filhos e netos para decifrar. Até nas farmácias, os vendedores não entendem os ´garranchos´ escritos”, disse ele.

A medida, de acordo com o parlamentar, evitará os riscos de equívocos praticados por farmacêuticos, enfermeiros e outros profissionais de saúde, pelo fato de não entenderem a caligrafia de determinado médico. O deputado citou o código de ética, no capítulo III, sobre a responsabilidade profissional. O artigo 39, citado no projeto de lei, determina não ser permitido “receitar ou atestar de forma secreta ou ilegível, assim como assinar em folhas brancas, laudos, atestados ou quaisquer outros documentos médicos”.

Como ressaltou Sinésio Campos, o novo código tem sanções, que vão de advertência em privado até ao descredenciamento (perda do direito de atuar como profissional).

Ainda de acordo com o novo código, diretores de unidades de saúde da rede pública poderão ser denunciados pela precariedade do atendimento médico aos pacientes. Como ressaltou o parlamentar, não devem ser fiscalizadas apenas as unidades de saúde pública, mas também particulares.

O parlamentar disse que agora, a partir do novo código, a Comissão de Defesa do Consumidor da Aleam poderá fiscalizar.

“É mais um instrumento para a Defesa do Consumidor usar em benefício do bem público. Vamos continuar vigilantes”, disse Sinésio Campos, assegurando que a partir de agora será preciso divulgar o código e cobrar melhoria dos serviços.

“Temos que cobrar receitas médicas e odontológicas digitalizadas em computador ou escritas manualmente em letras de forma ou caixa alta”,
Esperamos que não precisemos mais de ''Tradutores'' para entender o que os médicos escrevem, nos blocos de receitas.

Precisamos de Colaboradores

Desde novembro de 2009 entrou no ar o blog chamado Portal Envira, idealizado para divulgação da cidade de Envira, pois até o aquele momento não existíra qualquer website, blog, ou coisa do gênero que viesse a divulgar a cidade na rede mundial de computadores.
Porém numa iniciativa simples e sem qualquer envolvimento partidário, político, etc, venho postando notícias, informações sobre a cidade, fotos, vídeos, entre outros, com o intuito de mais e mais Envirenses conheçam melhor sua própria cidade, valorize mais sua terra, se matenha atualizado e que o blog seja na verdade mais uma janela que exponha a cidade para outras pessoas. Enfim expondo a beleza da cidade, seus valores seu povo, suas riquezas, mais também mantendo o foco na realidade de viver no interior do Amazonas, de mostrar a realidade de seus moradores, da politicagem absurda, as dificuldades da cidade.
Nosso foco é mostrar Envira para o mundo, mais por que? Bem vou explicar, Envira é uma ilha no meio da floresta, tem muitos talentos, tanto na cultura quanto na parte academica, mais é pouco valorizado. Envira não tem nenhum meio de divulgação para além do município(não que eu conheça), quem está fora mau sabe o que acontece, muitas pessoas que moram no Estado do Amazonas nem sabe o que é Envira, devido isto, está falta de conhecimento decidi expor a cidade de forma direta neste blog, porém as vezes é difícil postar informações mais precisas sobre a cidade, pois no momento moro fora da cidade e não tenho fontes diretas de informações, que sejam seguras, para postar no blog, por isso peço que quem quizer colaborar com essa idéia de divulgar Envira, entrem em contato comigo pelo e-mail joab022@gmail.com, qualquer ajuda será bem vinda, quando falo ajuda é de ajuda de textos, fotos, etc, e não ajuda financeira, pois o blog não tem fins lucrativos e tem apenas uma pessoa á frente dele que sou eu. Desde já muito grato á quem vier a ajudar.

Joab Epifânio Marques

Dep. Eron Bezerra presta contas da atuação na Sepror



O Amazonas ficou oito anos sem ter Secretaria de Agricultura e se isso fosse contado em qualquer parte do mundo, soaria como piada, porque esse tipo de instituição trata de economia, geração de emprego, riqueza para uma região ou Estado. E uma região ou Estado não ter disso, é o mesmo que se candidatar a morrer de inanição. No caso do Amazonas, é deixar de lado cerca de 270 mil trabalhadores e trabalhadoras rurais. A declaração é do deputado Eron Bezerra (PCdoB).

Susam abre Processo Seletivo para profissionais de saúde, com salário de até R$ 19.800

05 de abril de 2010

Fonte: Portal Amazônia

MANAUS - As inscrições para o processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúde (Susam) começou hoje (5) e vai até o dia 15 de abril. Ao todo, serão contratados 497 profissionais de saúde de nível médio e superior, que atuarão em 42 municípios do Estado. O salário pode chegar a R$ 19.800.

Siga o Portal Amazônia pelo twitter

Os profissionais serão selecionados por meio de avaliação curricular, analisada por uma comissão definida pela própria Secretaria. Critérios como experiência e qualificação profissional serão prioridades. São 44 vagas para generalistas e 53 para especialistas e 400 vagas para os demais profissionais da área de saúde.

Vagas

- Nível Médio: Salário de R$ 1.016 a R$1.300.

A seleção para nível médio atenderá somente ao profissional dos seguintes municípios: Alvarães, Anori, Apuí, Barreirinha, Boca do Acre, Borba, Codajás, Eirunepé, Envira, Humaitá, Ipixuna, Japurá, Jutaí, Manaquiri, Maués, Novo Airão, Parintins, Pauini, Santa Isabel, São Gabriel, São Paulo de Olivença, Silves, Tabatinga, Tapauá.

- Nível Superior não médico (enfermeiro, bioquímico, farmacêutico, nutricionista, fisioterapeuta): salário será R$ 4.650.

A seleção para nível superior atenderá ao profissional dos seguintes municípios: Alvarães, Anori, Apuí, Barreirinha, Boca do Acre, Borba, Codajás, Eirunepé, Envira, Humaitá, Ipixuna, Japurá, Jutaí, Manaquiri, Maués, Novo Airão, Parintins, Pauini, Santa Isabel, São Gabriel, São Paulo de Olivença, Silves, Tabatinga, Tapauá, Atalaia do Norte, Barcelos, Camutama, Carauari, Itacoatiara, Itamarati, Juruá, Lábrea, Manacapuru, Manicoré, Maraã, Nhamundá, São Sebastião do Uatumã, Tefé, Uarini, Uricurituba.

- Médico: para o médico generalista o salário varia de R$ 11 mil à R$ 13.200 (contrato de 40h) e especialista de R$ 15 mil à R$ 19.800 (contrato de 40h).

Inscrição válida para profissional de todo território nacional nas especialidades: Anestesiologista, Cardiologista, Cirurgião Geral , Gineco-Obstétra, Intensivista, Pediatra, Traumato Ortopedista , Generalista.

As inscrições podem ser feitas através do site da Susam ou no Centro de Educação Tecnológica (Cetam) de cada localidade.

Pronto Atendimento Itinerante atende calha do Juruá



Fonte: Portal Amazônia,com informações da SEAS

MANAUS - Os municípios Envira, Guajará, Ipixuna, Eirunepé, Itamarati, Carauari, Juruá e 24 comunidades rurais na Calha do Juruá começarão a receber os serviços gratuitos nas áreas da assistência social, cidadania e médica, oferecidos pelo governo do Estado no Pronto Atendimento Itinerante (PAI), no barco Puxirum.

A embarcação sai de Manaus nesta segunda-feira, 29, a partir das 17h, do porto da Etam, na Ilha do Marapatá, no Distrito Industrial, e chega no dia 15 de março ao município de Envira, onde ficará até o dia 25.

Siga o Portal Amazônia pelo twitter

Essa é a segunda região atendida pelo PAI este ano. Desde o dia 8 de março, o barco Puxirum II percorre 31 comunidades dos municípios Boca do Acre, Pauini, Lábrea, Canutama, Tapauá, Beruri e Anorí, na Calha do Purus, que recebe o programa pela quinta vez em seis anos de existência. Na última viagem, no período de maio a agosto de 2009, o PAI atendeu mais de 80 mil pessoas naquela região.

Serviços

Implantado em 2003, o programa coordenado pelo Conselho de Desenvolvimento Humano (CDH) e executado pela Secretaria de Estado de Assistência Social (SEAS), em parceria com vários órgãos estaduais e federais, oferece serviços gratuitos nas áreas da Assistência Social, Previdência, Saúde, emissão de documentos e cultura.

Em seis anos, o PAI promoveu mais de 1,7 milhão de atendimentos, beneficiando cerca de 800 mil pessoas em mais de 400 comunidades rurais, indígenas e sede dos municípios.

Este ano, uma das principais missões do PAI é o cumprimento da meta do Pacto Amazonas no Futuro, firmado com as prefeituras municipais e que tem como prioridade reduzir para 5% o índice do sub-registro civil de nascimento no interior do Estado.

Também são realizados atendimentos na área de assistência social (visitas domiciliares de assistentes sociais e entrega de kits para bebê) e atividades culturais, como exibição de filmes, no auditório do barco. (JK)

Àguas de abril


Em Envira o nível do rio Tarauacá ainda está bem acima do nivel considerado normal para a época do ano e do mês de abril, os barcos estão bem próximo da Orla Portuária Chico Joel, o nível da água está bem próximo da Ponte que liga o centro da cidade ao restante da cidade.
No ano de 1997 o nível da água também chegou ao mesmo nível da ponte sendo considerada desde então a maior cheia já conhecida na região porém isso aconteceu entre os meses de fevereiro e março de 1997, pelo o relato dos moradores essa é a primeira vez que o rio chega neste nível no mês de abril época em que muitos agricultores que plantam nas várzeas do rio já estão preparando ou esperando para limpar o terreno para o plantio.

Powered by Blogger